Menu

APRESENTAÇÃO

Por reconhecer a função social da mídia e sua importante ação como formadora de opinião e difusora de informações, o Ministério Público do Estado de Rondônia realizará em 2018 o 8º Prêmio MP-RO de Jornalismo, que premiará os melhores trabalhos jornalísticos que envolvam a Instituição veiculados por jornais, sites e emissoras de rádio ou televisão.

O 8º Prêmio MP-RO de Jornalismo tem como objetivo estimular, divulgar e prestigiar matérias jornalísticas, englobando ações que envolvam as competências e atribuições constitucionais do Ministério Público do Estado de Rondônia, assim como a contribuição de suas áreas de atuação. O prêmio tem também a finalidade de contribuir para o melhor entendimento, pela sociedade e pelo poder público, da importância das atividades e da função social do MP-RO.

TEMA:

" A informação como instrumento de garantia de direitos  "

 

O 8º Prêmio MP-RO de Jornalismo premiará matérias jornalísticas cujas pautas estejam relacionadas ao tema: “A informação como instrumento de garantia de direitos”. Centradas neste tema, as matérias podem abordar as políticas públicas que contemplem as seguintes áreas de atuação do MP-RO: Meio Ambiente; Combate a Organizações Criminosas; Infância, Juventude e Educação; Patrimônio Público; Cidadão; Consumidor; Criminal; Controle Externo da Atividade Policial; Saúde; Pessoas com Deficiência; Idosos; Violência Doméstica e Defesa da Probidade Administrativa.

CATEGORIAS

Para reportagens publicadas em sites noticiosos, jornais e revistas com versão eletrônica na Internet, desde que estruturada por meio das características do webjornalismo, a saber: multimidialidade/ convergência (áudio, vídeo, texto e imagem), interatividade e customização de conteúdo.

O link para acesso ao trabalho deverá estar disponível durante o processo de julgamento, até o dia 20 de novembro de 2018.

 
 

Para reportagens exibidas em emissoras de televisão sediadas no Brasil, com duração de até 60 minutos.

O candidato deverá fazer o upload dos vídeos em baixa resolução no sistema reservado às inscrições que consta no site do prêmio. As reportagens deverão ser destacadas do programa ou da programação da emissora, com arquivos específicos para elas. O tempo máximo de duração das reportagens de TV é de 60 (sessenta) minutos e deverá ser especificado no campo indicado na ficha da inscrição. Caso o trabalho esteja publicado on-line, informar o endereço e mantê-lo disponível durante o processo de julgamento, até o dia 20 de novembro de 2018.

 
 

Para melhor fotografia publicada em qualquer veículo (sites, jornais e revistas), dentro do tema proposto no Regulamento Download do Regulamento.

O candidato deverá fazer o upload do arquivo PDF ou JPG da foto com a reportagem, exatamente como a versão publicada em jornal, revista ou web. Fotos publicadas originalmente sem matéria ou ensaios fotográficos veiculados sem texto também podem concorrer.

 
 

Para melhor repórter cinematográfico, cujo trabalho compuser reportagem de TV ou Webjornalismo.

Para concorrer nesta categoria, o repórter cinematográfico deverá inscrever seu trabalho, independentemente de a reportagem estar ou não inscrita na categoria telejornalismo.

Deverá seguir o formato e as normas estabelecidas para a categoria Telejornalismo.

 
 

Melhor reportagem jornalística relacionada às informações referentes aos temas indicados no item 3 do Regulamento Download do Regulamento, publicada por estudantes de graduação em jornalismo em veículo universitário ou meios de comunicação que permitam a publicação de produções jornalísticas na categoria devidamente identificada como de estagiário ou colaborador estudante. O estudante deve estar matriculado a partir do sexto semestre ou no terceiro ano do curso de Jornalismo.

O candidato deverá fazer o upload do arquivo PDF da reportagem ou postagem, PDF ou JPG da foto ou formatos estabelecidos para categoria de Telejornalismo, caso seja uma reportagem em vídeo, incluindo o link para acesso, se for o caso. Deverá, ainda, informar o endereço e mantê-lo disponível durante o processo de julgamento, até 20 de agosto de 2018.

 
 

Grande Prêmio MP-RO de Jornalismo – Concedido ao trabalho que obtiver a maior nota entre os trabalhos inscritos nas Categorias Telejornalismo e Webjornalismo.

A vacância estabelecida pelo grande vencedor será preenchida pelo trabalho subsequente, de maior nota, na categoria. Este prêmio não será acumulado com o da respectiva categoria, salvo se o vencedor desta tiver obtido a segunda colocação com outro trabalho.

 
 

REGULAMENTO

Estão credenciados a participar do concurso profissionais de comunicação, com registro profissional ou Carteira Profissional assinada em exercício de função relativa à área de jornalismo, que tenham trabalhos publicados em jornal, revista, ou televisão, sites e blogs, e estudantes de Jornalismo devidamente matriculados a partir do sexto semestre ou terceiro ano do curso.

Podem concorrer ao Prêmio somente matérias publicadas ou veiculadas no período de 1º de novembro de 2017 até o último dia de inscrição (31 de outubro de 2018).

Cada profissional poderá inscrever no máximo 3 (três) trabalhos, que concorrerão nas categorias para as quais foram inscritos. Não será aceita a inscrição do mesmo trabalho em categorias diferentes.

Poderão concorrer os trabalhos jornalísticos de autoria de um ou mais profissionais de comunicação (coautoria), nas formas de reportagens, série de reportagens ou de matérias quando se tratar de coberturas sequenciadas de eventos, publicadas ou transmitidas pela primeira vez, no período permitido neste edital, desde que adequadamente inscritos.

Download Regulamento

Clique no botão abaixo para salvar o Regulamento completo em pdf.

PRÊMIOS

Prêmio de Webjornalismo

R$ 4 MIL

Prêmio de Telejornalismo

R$ 4 MIL

Prêmio de Fotojornalismo

R$ 2 MIL

Prêmio Repórter Cinematográfico

R$ 2 MIL

Prêmio Universitário

R$ 1 MIL

Grande Prêmio

R$ 12 MIL

VENCEDORES

7º Prêmio MPRO de Jornalismo (2017)

6º Prêmio MPRO de Jornalismo (2016)

  • Jornalismo Online: Vinícius Canôva – Série Improbidade Administrativa - Rondoniadinamica
  • Telejornalismo: Luis Martins - Mapa da Violência em Rondônia - TV Rondônia
  • Jornalismo Impresso: Laila Moraes – A Saga Dourada – Diário da Amazônia
  • Grande Prêmio MP-RO de Jornalismo: Jairo Ardull – MPE garante água e luz a moradores do Jardim Flórida -
  • 5º Prêmio MPRO de Jornalismo (2015)

  • Jornalismo Impresso: Laila Moraes/Emerson Machado – Lei Maria da Penha completa 9 anos – Diário da Amazônia
  • Jornalismo Online: David Rodrigues dos Passos -Ministério Público com Guardião corruptível se revestiu de incorruptibilidade – Diário da Amazônia
  • Telejornalismo: Ana Maria Hack - Menores no Crime- TV Allamanda
  • Radiojornalismo: Jéssica Natali -Violência contra a Mulher – Rádio CBN Porto Velho
  • Grande Prêmio MPRO de Jornalismo: Etiene Gonçalves dos Santos -Consentimento não é desculpa à prática de abuso sexual – Diário da Amazônia
  • 4º Prêmio MPRO de Jornalismo (2014)

  • Telejornalismo: Karina Quadros - Bullying – Rede TV
  • Radiojornalismo: Andréia Machado - Moradores do Jardim Ipê em Vilhena sofrem com a falta de infraestrutura :-Rádio Onda Sul
  • Jornalismo Impresso: Gerson Costa - MP reforça apoio as vítimas e exige esforço conjunto- Jornal do Rondoniaagora
  • Jornalismo Online: Ivonete Gomes - Oh, agora, quem poderá nos defender do emprobecimento pela Corrupção! - Rondoniagora
  • Grande Prêmio MPRO de Jornalismo: Paulo Andreolli e João Paulo Prudêncio -Especial – A história de Chico, o cidadão que conseguiu economizar quase R$ 1 bilhão para o Estado de Rondônia – Rondoniaovivo.
  • 3º Prêmio MPRO de Jornalismo (2013)

  • Telejornalismo: Keila Xavier - Conte até 10 nas Escolas -TV Rondônia
  • Radiojornalismo: Evelyn Iris Morales Conde - Educar Verbo de Ação -Rádio Meridional Vilhena
  • Jornalismo Impresso: Andréia Santos Machado – Crimes Ambientais; MP Fiscaliza danos causados por loteamentos - Revista Imagem
  • Jornalismo on-line: Taísa Arruda - Operação Termópilas completa um ano com cinco pessoas condenadas por corrupção - G1 Rondônia
  • 2º Prêmio MPRO de Jornalismo (2012)

  • Telejornalismo: “Nasci. E agora? Sou Vítima”, de autoria da jornalista Cleonice Subtil de Oliveira (Cléo Subtil), da TV Rondônia
  • Jornalismo Online: “MP denuncia agente penitenciário que advogava durante o expediente”, de autoria da jornalista Eliete Marques Lima, do Portal G1.
  • 1º Prêmio MPRO de Jornalismo (2011)

  • Jornalismo Impresso: Ronaldo Inácio, “Família de vítima destaca agilidade”- Diário da Amazônia
  • Telejornalismo: Cléo Subtil – Caos no Hospital João Paulo II – Tv Rondônia
  • Jornalismo Online: João Luiz Moretti de Carvalho e Luiz Antônio Carvalho, “MP-RO coordena projeto para recuperar as margens do Rio Palmeira” - Espigãnews
  • Radiojornalismo: Rosilene Viegas,“Ministério Público: A esperança na Garantia dos Direitos” - Rádio Caiari.
  • INSCRIÇÕES

    Clique aqui para fazer sua inscrição

    As inscrições devem ser realizadas no período de 1º a 31 de outubro de 2018, por meio deste link. O regulamento do presente concurso, bem como a ficha de inscrição eletrônica, na qual também deverão ser anexadas as matérias concorrentes e a documentação que comprovem o exercício da profissão de jornalistas e outras exigidas em edital. A inscrição será validada eletronicamente.

    A confirmação do recebimento dos trabalhos será feita por e-mail. Dessa forma, solicita-se aos participantes que autorizem em seus filtros antispam a recepção de mensagens da conta “@mpro.mp.br”. Em caso de dúvida, o candidato inscrito deve fazer contato com os organizadores, pelo e-mail premiojornalismo@mpro.mp.br ou pelo telefone (69) 3216-3755.