Notícia Retornar para página inteira

[16/06/2009] MP REALIZA REUNIÃO PARA TRATAR DA SEGURANÇA PÚBLICA

Atendendo ao convite do Ministério Público de Rondônia, autoridades de segurança pública estiveram reunidas na sede do MPRO na segunda-feira (15) para tratar de ações que estão sendo desenvolvidas para conter a onda de violência que assola a capital. Nos últimos dias, ônibus foram alvo de incêndios criminosos e o prédio do Ministério Público foi alvejado por disparos de arma de fogo.

Durante o encontro, que teve a presença do Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira, e foi articulado pelo Coordenador de Planejamento e Gestão da Instituição, Promotor de Justiça Charles Martins, foi acordada a celebração de um convênio entre a Prefeitura de Porto Velho, por intermédio da Secretaria Municipal de Trânsito, e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança, com interveniência da Polícia Militar. O convênio permitirá que a PM fiscalize o trânsito, evitando não apenas a ocorrência de ilícitos no tráfego, mas também a prática de outros crimes. Também ficou acertado que haverá reforço no policiamento ofertado no trajeto de ônibus que circulam por áreas de menos movimento.

Presente à reunião, o secretário de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania, Tenente-Coronel Evilásio Sena, disse que os crimes estão sendo apurados para que se chegue à autoria dos atentados e anunciou um novo concurso para a Polícia Civil. A Comandante-Geral da PM, Coronel Angelina Ramires, destacou que a corporação está realizando uma força-tarefa para prevenir novas ocorrências e garantir tranquilidade à população de Porto Velho.

A importância de um trabalho integrado, por meio de um alinhamento de ações, foi destacada pelo Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira, ao afirmar que cada instituição tem sua parcela de responsabilidade em restituir a segurança aos cidadãos. “Estamos confiantes na instituição policial. Estamos certos de que os fatos serão esclarecidos”, disse.

Sobre o ataque à sede do Ministério Público, ocorrido na noite do dia 12, Ivanildo de Oliveira disse que todas as providências para esclarecimento do fato foram tomadas e que a Instituição não se intimidará com o atentado. “O MP não mudou sua rotina. Continua trabalhando com muito afinco. Esse tipo de atitude só reforça nosso empenho e dedicação”, afirmou.

Também estiveram presentes à reunião o prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho, os Promotores de Justiça Alan Castiel Barbosa, Hildon de Lima Chaves e Rosângela Marsaro, além do diretor-geral da Polícia Civil, Morio Ikegawa, da secretária municipal de Trânsito, Fernanda Moreira, e do vereador Cláudio Carvalho.
 
 


Fonte: Ascom MPRO