Notícia Retornar para página inteira

[15/04/2019] Técnicas de Investigação de Crimes de Lavagem e Ocultação de Capitais é a temática abordada no segundo dia do evento

Na segunda etapa do evento “Encontro dos Procuradores e Promotores de Justiça da Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa 2019”, abordou-se como temática as Técnicas de Investigação de Crimes de Lavagem e Ocultação de Capitais decorrentes de Atos de Improbidade Administrativa, tendo como palestrantes Alexander Véras Vieira e Francisco de Assis Machado Cardoso, ambos Promotores de Justiça do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro; Peterson Almeida Barbosa, Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de Sergipe e Rafael Calhau Bastos, Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado do Espírito Santo.

A metodologia do curso permitiu que os participantes experimentassem, diante de um caso prático, as vantagens e dificuldades de um trabalho em equipe, explorando as experiências e os conhecimentos específicos de seus integrantes. Além disso, como os monitores somente entregaram aos grupos as diligências que foram previamente vislumbradas nas discussões iniciais da respectiva equipe de trabalho, os resultados alcançados de cada equipe de trabalho não necessariamente foram os mesmos, dependendo da efetividade das diligências realizadas na “investigação” por eles realizada. Com isso, simulou-se, em apenas um dia, vários meses de investigação financeira e, ao final do dia, já tornou-se possível a cada grupo identificar as manobras de lavagem de dinheiro, praticadas pelos criminosos no caso proposto.


Fonte: Ascom MPRO