Notícia Retornar para página inteira

[27/06/2019] Resultados do projeto de Combate às Vulnerabilidades no Campo é apresentado no Seminário da Abrinq

Os resultados do projeto foram apresentados pelo Promotor de Justiça Marcos Valério Tessila de Melo, que proferiu palestra sobre o Papel do Ministério Público e do Ministério Público do Trabalho na redução das desigualdades.

O projeto, desenvolvido por diversos órgãos que compõem o sistema de garantias e proteção do público infantojuvenil, tem como objetivo sensibilizar famílias rurais sobre a permanência, na escola, de crianças e adolescentes que vivem no campo. O Promotor de Justiça Marcos Valério Tessila, ressaltou que esse esforço conjunto fez com que o Estado de Rondônia caísse do 3º lugar para a 17ª colocação no ranking nacional de trabalho infantil.
Lançado em 2016, o projeto é executado pelo Comitê Gestor de Combate às Vulnerabilidades no Campo, com uma abordagem voltada para a educação e sensibilização de famílias rurais, sob o slogan  “Agricultor Inteligente Mantém a Criança na Escola”.

Entre as metas projeto está a adesão de mais entidades; articulação com o Tribunal de Contas do Estado para aferir medidas adotadas pelos municípios em relação ao trabalho com as agroindústrias e a criação de uma certificação; articulação como o Fórum de Combate ao Uso de Agrotóxicos no Campo e o desenvolvimento de uma política pública integrada com foco na eliminação de vulnerabilidades.  

O Seminário é realizado pela Fundação Abrinq e faz parte das ações do Projeto “Fortalecimento da Rede Estratégia ODS que conta com financiamento da União Europeia e com os seguintes co-requerentes: Agenda Pública, Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e Frente Nacional dos Prefeitos (FNP).

O Programa Prefeito Amigo da Criança realiza, nos primeiros três anos de cada gestão, um ciclo de seminários voltado para apresentar conteúdos, discutir estratégias e fortalecer a relação com as equipes dos municípios participantes do Programa, além de ser mais um espaço de apresentação de suas metodologias e agenda.


Fonte: Ascom MPRO