Notícia Retornar para página inteira

[14/09/2020] Gerência de Recursos Humanos promove Webinar sobre os impactos da mudança nas rotinas familiares por causa da Pandemia

A Gerência de Recursos Humanos do Ministério Público do Estado de Rondônia (GRH/MPRO) promove no próximo dia 24 de setembro, às 15 horas, o webinar “Pais e profissionais: conseguimos equacionar o trabalho remoto, aulas virtuais e vida em família?”, com transmissão pela plataforma teams.
 
A atividade contará com a participação da psicóloga Amanda Souza de Oliveira Cabral Bruno, que atuará como mediadora, e terá como debatedores os psicólogos Jacson Melo de Carvalho, da 19ª Promotoria de Justiça de Porto Velho, e Cristiano de Paula, do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJRO).
 
O objetivo precípuo da webinar é promover reflexões sobre os impactos e mudanças exigidas com o advento do coronavírus nos campos profissional, social e familiar, a fim de auxiliar aos integrantes da instituição às adaptações ainda necessárias e vigentes, uma vez que a chegada do Covid-19 ao Brasil exigiu uma série de adaptações e processos de mudanças, tanto no campo profissional, quanto no campo pessoal e familiar, entre elas a implementação abrupta do trabalho remoto e do ensino à distância num ambiente que, até então, era dedicado exclusivamente para vivências familiares. 
 
O cenário impeliu tais mudanças e exigiu de todos nós um planejamento para essas mudanças repentinas, que tem gerado grande impacto na rotina das pessoas e dificuldades de adaptação para algumas delas, pois demandam novas e rápidas respostas em termos de comportamento laboral, social, emocional e até financeiro.
 
Manter-se produtivo nas atividades do trabalho, cumprir prazos e metas, negociar espaços da casa, atentar para a ergonomia, temperatura e iluminação do posto de trabalho, obter silêncio e compreensão dos familiares, manter a concentração no trabalho, atender necessidades básicas de filhos pequenos, lavar louças, cozinhar, higienizar e organizar a casa, lavar e passar roupas, auxiliar os filhos nas tarefas escolares, garantir-lhes acesso às aulas virtuais, criar atividades alternativas para ocupar os filhos, descansar, cuidar de si, dos relacionamentos, dentre tantas outras, são algumas das respostas que se tem dado à nova realidade, enquanto, simultaneamente, se vivenciam emoções difusas e preocupações com o futuro incerto.
 
Diante desse cenário, é comum surgirem questionamentos sobre a capacidade humana de equacionar inúmeros fatores e manter a saúde mental.
 
 

Fonte: Departamento de Comunicação Integrada (DCI/MPRO)